Guia de viagem do Recife

Turismo no Recife | Guia do Recife

Você vai amar o Recife

Recife é a capital do estado de Pernambuco, localizada às margens do Oceano Atlântico. Um dos seus grandes destaques é o Porto Digital, o maior parque tecnológico do Brasil.

A culinária recifense é um capítulo à parte. Ela é boa demais. É farta, é simples e está por toda parte da cidade. Se ir à praia e tomar uma cerveja gelada é bom, melhor ainda é ir à praia e comer tudo o que passa na sua frente: ostras frescas, caranguejo e caldinho, entre outras delícias. Mas Recife também é arte. Nela se encontra a Oficina Brennand, do mundialmente famoso artista plástico Francisco Brennand, que tem na cerâmica o seu grande legado.

Recife é a cidade mãe de grandes ritmos musicais, como o maracatu, forró, frevo, mangue beat, coco, ciranda e muito mais. Além disso, ela é considerada a Veneza brasileira, por causa dos diversos seus rios e pontes.

5 motivos para visitar o Recife

1. Calor o ano todo

Não importa a estação do ano, faça chuva ou sol, o clima em Recife é sempre quente, ideal para quem deseja fugir do frio e deixar um pouco de lado as roupas de inverno.

2. Terra do frevo

O frevo não é apenas um ritmo musical, é uma dança recifense, reconhecida pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade. Seu surgimento se deu nas ruas do bairro São José, e o seu nome se originou do verbo ferver.

3. O melhor carnaval do Brasil

É no carnaval de Recife que se pode usufruir um pouco de tudo o que a cidade tem de melhor. Em suas pontes, pessoas do mundo inteiro dançam e vibram com o frevo, no maior calor. Além disso, o carnaval de Recife é único, pois conta com várias atrações gratuitas espalhadas por toda a cidade, como também com o maior bloco de rua do mundo, o Galo da Madrugada.

4. Mercados públicos

Visitar os mercados públicos de Recife permite imergir completamente na cultura mais íntima e pura da cidade. O maior e o mais conhecido é Mercado de São José, inaugurado em 1875 e que desde então passou a fazer parte da identidade dos recifenses. Em seu interior é possível encontrar de tudo, desde souvenires a peixes frescos.

5. Arquitetura

A capital pernambucana abriga diversos tesouros em suas ruas, como pontes, casarões, antigos prédios e fortes. A Ponte Maurício de Nassau foi a primeira a ser construída, em 1644, pelo então governador Conde Maurício de Nassau. O Edifício Acaiaca, em Boa Viagem, foi desenhado pelo português Delfim Amorim e construído em 1958. Ele possui um estilo modernista com forte inspiração na corrente corbusiana.

1. Calor o ano todo

Não importa a estação do ano, faça chuva ou sol, o clima em Recife é sempre quente, ideal para quem deseja fugir do frio e deixar um pouco de lado as roupas de inverno.

2. Terra do frevo

O frevo não é apenas um ritmo musical, é uma dança recifense, reconhecida pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade. Seu surgimento se deu nas ruas do bairro São José, e o seu nome se originou do verbo ferver.

3. O melhor carnaval do Brasil

É no carnaval de Recife que se pode usufruir um pouco de tudo o que a cidade tem de melhor. Em suas pontes, pessoas do mundo inteiro dançam e vibram com o frevo, no maior calor. Além disso, o carnaval de Recife é único, pois conta com várias atrações gratuitas espalhadas por toda a cidade, como também com o maior bloco de rua do mundo, o Galo da Madrugada.

4. Mercados públicos

Visitar os mercados públicos de Recife permite imergir completamente na cultura mais íntima e pura da cidade. O maior e o mais conhecido é Mercado de São José, inaugurado em 1875 e que desde então passou a fazer parte da identidade dos recifenses. Em seu interior é possível encontrar de tudo, desde souvenires a peixes frescos.

5. Arquitetura

A capital pernambucana abriga diversos tesouros em suas ruas, como pontes, casarões, antigos prédios e fortes. A Ponte Maurício de Nassau foi a primeira a ser construída, em 1644, pelo então governador Conde Maurício de Nassau. O Edifício Acaiaca, em Boa Viagem, foi desenhado pelo português Delfim Amorim e construído em 1958. Ele possui um estilo modernista com forte inspiração na corrente corbusiana.

O que fazer no Recife

1. Parte histórica

Quem visita Recife tem que conhecer o Recife Antigo, também chamado de Bairro do Recife. É um prato cheio para os apaixonados por história. Alguns dos principais pontos turísticos, museus, construções do período colonial e praças estão por lá.

2. Capela Dourada

Um lindo templo em estilo barroco-rococó que não recebeu esse nome à toa, uma vez que seu interior é completamente revestido de ouro e jacarandá. Um forte exemplo de poder e ostentação da Igreja Católica.

3. Torre Malakoff

Outro grande atrativo do Recife Antigo, a Torre Malakoff está de pé desde 1850. Ela foi construída para servir de observatório astronômico e também portão do Arsenal da Marinha. Desde 2000, funciona como um espaço cultural, expondo fotografias e artes em suas oito salas.

4. Pátio de São Pedro

Uma grande praça retangular rodeada por construções do período colonial, tendo a Concatedral de São Pedro complementando a belíssima paisagem.

5. Praça do Marco Zero

Também conhecida como Praça Rio Branco, o local abriga o marco zero de Recife. De lá, é possível aproveitar uma belíssima vista do oceano Atlântico e das esculturas feitas por Francisco Brennand.

1. Parte histórica

Quem visita Recife tem que conhecer o Recife Antigo, também chamado de Bairro do Recife. É um prato cheio para os apaixonados por história. Alguns dos principais pontos turísticos, museus, construções do período colonial e praças estão por lá.

2. Capela Dourada

Um lindo templo em estilo barroco-rococó que não recebeu esse nome à toa, uma vez que seu interior é completamente revestido de ouro e jacarandá. Um forte exemplo de poder e ostentação da Igreja Católica.

3. Torre Malakoff

Outro grande atrativo do Recife Antigo, a Torre Malakoff está de pé desde 1850. Ela foi construída para servir de observatório astronômico e também portão do Arsenal da Marinha. Desde 2000, funciona como um espaço cultural, expondo fotografias e artes em suas oito salas.

4. Pátio de São Pedro

Uma grande praça retangular rodeada por construções do período colonial, tendo a Concatedral de São Pedro complementando a belíssima paisagem.

5. Praça do Marco Zero

Também conhecida como Praça Rio Branco, o local abriga o marco zero de Recife. De lá, é possível aproveitar uma belíssima vista do oceano Atlântico e das esculturas feitas por Francisco Brennand.

1. Parte histórica

Quem visita Recife tem que conhecer o Recife Antigo, também chamado de Bairro do Recife. É um prato cheio para os apaixonados por história. Alguns dos principais pontos turísticos, museus, construções do período colonial e praças estão por lá.

2. Capela Dourada

Um lindo templo em estilo barroco-rococó que não recebeu esse nome à toa, uma vez que seu interior é completamente revestido de ouro e jacarandá. Um forte exemplo de poder e ostentação da Igreja Católica.

3. Torre Malakoff

Outro grande atrativo do Recife Antigo, a Torre Malakoff está de pé desde 1850. Ela foi construída para servir de observatório astronômico e também portão do Arsenal da Marinha. Desde 2000, funciona como um espaço cultural, expondo fotografias e artes em suas oito salas.

4. Pátio de São Pedro

Uma grande praça retangular rodeada por construções do período colonial, tendo a Concatedral de São Pedro complementando a belíssima paisagem.

5. Praça do Marco Zero

Também conhecida como Praça Rio Branco, o local abriga o marco zero de Recife. De lá, é possível aproveitar uma belíssima vista do oceano Atlântico e das esculturas feitas por Francisco Brennand.

Atividades e atrações no Recife

O que comer no Recife

O restaurante Chica Pitanga, em Boa Viagem, serve deliciosos pratos regionais com preços razoáveis. Já o Assucar, próximo ao Paço Alfândega, oferece pratos clássicos do nordeste do Brasil. Uma outra boa dica é o Bode do Nô que, apesar de ser conhecido como o melhor restaurante com variedade de carnes, destaca-se também pelos peixes e frutos do mar. Uma refeição em um restaurante de médio porte custa em torno de BRL 20 e aproximadamente BRL 80 em um restaurante sofisticado.

Quando visitar Recife

Recife em abril
Preço estimado de hotel
R$ 294
1 noite em hotel 3 estrelas
Recife em abril
Preço estimado de hotel
R$ 294
1 noite em hotel 3 estrelas

A melhor época do ano para conhecer a cidade e aproveitar suas atrações é de setembro a janeiro, quando as temperaturas são altas e chove pouco. Assim, aproveita-se melhor as praias e o mar fica ainda mais claro e bonito.

Dados fornecidos por weatherbase
Temperaturas
Temperaturas
Dados fornecidos por weatherbase

Como chegar no Recife

Avião

Companhias aéreas como LATAM, Azul, Gol e Avianca realizam voos para Recife a partir dos principais aeroportos do Brasil. A viagem dura em média três horas saindo de São Paulo. A distância do aeroporto de Recife até o centro da cidade é de 11 km e você pode chegar até lá por meio de ônibus, táxi ou metrô. Algumas linhas regulares de ônibus, como a 033 e a 042 fazem esse trajeto. O valor da passagem custa em torno de BRL 4 e a viagem dura aproximadamente uma hora. Uma outra alternativa é o metrô. A estação Aeroporto está situada a 500 metros do terminal. Há uma passarela em frente ao portão de embarque B6. Para atravessá-la, é necessário pagar o valor de BRL 3. Para o centro, apanhe a linha sul. Mas, se preferir, você também pode ir de táxi. Essa é a opção mais cômoda, e uma corrida até o centro custa em torno de BRL 30.

Ônibus

Ônibus de longa distância chegam ao Terminal Integrado de Passageiros Antônio Farias (TIP). As tarifas de Fortaleza para Recife custam em torno de BRL 120 e as de Natal saem a aproximadamente BRL 40.

Carro

A cidade de Recife está muito bem conectada à rede rodoviária nacional, com a BR-101 indo de norte a sul, e a BR-232 indo de leste a oeste.

Avião

Companhias aéreas como LATAM, Azul, Gol e Avianca realizam voos para Recife a partir dos principais aeroportos do Brasil. A viagem dura em média três horas saindo de São Paulo. A distância do aeroporto de Recife até o centro da cidade é de 11 km e você pode chegar até lá por meio de ônibus, táxi ou metrô. Algumas linhas regulares de ônibus, como a 033 e a 042 fazem esse trajeto. O valor da passagem custa em torno de BRL 4 e a viagem dura aproximadamente uma hora. Uma outra alternativa é o metrô. A estação Aeroporto está situada a 500 metros do terminal. Há uma passarela em frente ao portão de embarque B6. Para atravessá-la, é necessário pagar o valor de BRL 3. Para o centro, apanhe a linha sul. Mas, se preferir, você também pode ir de táxi. Essa é a opção mais cômoda, e uma corrida até o centro custa em torno de BRL 30.

Ônibus

Ônibus de longa distância chegam ao Terminal Integrado de Passageiros Antônio Farias (TIP). As tarifas de Fortaleza para Recife custam em torno de BRL 120 e as de Natal saem a aproximadamente BRL 40.

Carro

A cidade de Recife está muito bem conectada à rede rodoviária nacional, com a BR-101 indo de norte a sul, e a BR-232 indo de leste a oeste.

Companhias que operam em Recife

KLM
Bom (808 avaliações)
SWISS
Bom (907 avaliações)
British Airways
Bom (4.203 avaliações)
Delta
Bom (4.596 avaliações)
Turkish Airlines
Bom (2.231 avaliações)
Air France
Bom (968 avaliações)
Iberia
Bom (1.523 avaliações)
United Airlines
Bom (4.838 avaliações)
Emirates
Excelente (2.093 avaliações)
Qatar Airways
Bom (2.461 avaliações)
Air Canada
Bom (5.356 avaliações)
TAP AIR PORTUGAL
Bom (1.099 avaliações)
Ethiopian Air
Bom (367 avaliações)
ITA Airways
Bom (686 avaliações)
Air Europa
Bom (310 avaliações)
Japan Airlines
Excelente (906 avaliações)
Avianca
Bom (1.319 avaliações)
Aeromexico
Bom (850 avaliações)
LATAM Airlines
Bom (984 avaliações)
Copa Airlines
Bom (767 avaliações)
Ver mais

Onde se hospedar no Recife

Local que abriga belos edifícios e também a área portuária.

Recife Antigo

Boa Viagem

Situada na zona sul da cidade, é uma excelente área à beira mar, conhecida como a Copacabana do nordeste brasileiro.

Pina

Este bairro abriga uma das duas praias de Recife, a praia do Pina, sendo ela uma continuação da praia de Boa Viagem.

Situada na zona sul da cidade, é uma excelente área à beira mar, conhecida como a Copacabana do nordeste brasileiro.
Este bairro abriga uma das duas praias de Recife, a praia do Pina, sendo ela uma continuação da praia de Boa Viagem.

Onde se hospedar nas áreas mais populares do Recife

Hotéis mais reservados no o Recife

Pousada Convento da Conceição
3 estrelas
Excelente (9.1 1273 avaliações)
R$ 134+
Mar Hotel Conventions
4 estrelas
Excelente (8.6 2432 avaliações)
R$ 456+
Pousada Baobá
3 estrelas
Excelente (8.4 199 avaliações)
R$ 248+
Marante Plaza Hotel
4 estrelas
Excelente (8.3 2565 avaliações)
R$ 258+
Hotel Costeiro
3 estrelas
Excelente (8.1 1872 avaliações)
R$ 238+
Rede Andrade Onda Mar
3 estrelas
Bom (7.3 25 avaliações)
R$ 109+

Como se locomover: o Recife

Transporte público

É possível conhecer Recife utilizando apenas o transporte público, uma vez que a cidade possui uma extensa rede ônibus e um razoável sistema de metrô. As passagens de ônibus custam em torno de BRL 4 e o bilhete de metrô custa BRL 3.

Táxi

Esta é uma maneira cômoda de explorar a cidade, no entanto, é uma opção cara. A tarifa inicial custa BRL 5,12 e, posteriormente, é cobrado o valor de BRL 3 por cada quilômetro rodado.

Carro

As estradas de Recife são muitas boas, porém o trânsito é muito intenso nos horários de pico. Existem vários estacionamentos na cidade. Caso pretenda alugar um carro, confira algumas das locadoras disponíveis, como a Localiza, Alamo e Concórdia. O valor do aluguel de um carro compacto sem ar condicionado custa aproximadamente BRL 60 por dia.

Transporte público

É possível conhecer Recife utilizando apenas o transporte público, uma vez que a cidade possui uma extensa rede ônibus e um razoável sistema de metrô. As passagens de ônibus custam em torno de BRL 4 e o bilhete de metrô custa BRL 3.

Táxi

Esta é uma maneira cômoda de explorar a cidade, no entanto, é uma opção cara. A tarifa inicial custa BRL 5,12 e, posteriormente, é cobrado o valor de BRL 3 por cada quilômetro rodado.

Carro

As estradas de Recife são muitas boas, porém o trânsito é muito intenso nos horários de pico. Existem vários estacionamentos na cidade. Caso pretenda alugar um carro, confira algumas das locadoras disponíveis, como a Localiza, Alamo e Concórdia. O valor do aluguel de um carro compacto sem ar condicionado custa aproximadamente BRL 60 por dia.

Custo de vida no Recife

Ruas comerciais

Para compras de souvenirs locais, visite a Casa da Cultura, que no passado foi uma prisão e hoje é um centro de comercialização de artesanato. Se quiser pesquisar eletrônicos e moda, confira o Shopping Recife, situado em Boa Viagem, ou aproveite para conhecer o moderno shopping localizado no centro da cidade, o Paço Alfândega.

Supermercados e outros

Grandes redes de supermercados estão em Recife, como Carrefour, Walmart e Pão de Açúcar. Um litro de leite custa em torno de BRL 3,50 e uma dúzia de ovos custa aproximadamente BRL 10.

Refeição barata
R$ 23,68
Calça jeans
R$ 281,40
Passagem de transporte público
R$ 4,17
Cappuccino
R$ 8,38