Guia de viagem de Quioto

Turismo em $Quioto | Guia de Quioto

Você vai amar Quioto

A cidade de Quioto foi a capital do Japão Imperial entre 794 e 1868, e até hoje oferece aos turistas um vislumbre do passado japonês, um período marcado pelos magníficos santuários xintoístas e pelas gueixas. A arquitetura tradicional e histórica do país também está muito bem representada na cidade, através de templos budistas e palácios ornamentados.

Considerada uma cidade moderna e cosmopolita, mas ainda assim com uma atmosfera antiga, Quioto se destaca em inúmeros sentidos, desde a beleza refinada de seus jardins até a deliciosa culinária local, cujos pratos típicos são preparados com legumes e peixes.

5 motivos para visitar Quioto

1. Templos e santuários

Existem nada menos que dois mil templos e santuários em Quioto. Entre os exemplos mais tradicionais, é possível citar o Santuário Yuki-jinja, com cinco séculos de existência, e o elegante Templo Honganji, que foi construído com as características mais marcantes do design budista.

2. Jardins incríveis

Quioto possui diversos jardins, muitos dos quais fazem parte dos templos da cidade. Alguns dos mais famosos são os Jardins do Templo Kodaiji e também os Jardins do Palácio Imperial de Sento. Durante a primavera, ainda é possível apreciar o desabrochar das cerejeiras em vários pontos de Quioto.

3. História

O Palácio Imperial de Quioto foi a residência da família real do Japão por mais de mil anos, e esse é apenas um dos diversos monumentos históricos da cidade. Além dele, o Castelo Nijo, construído em 1603 e casa do shogun Tokugawa Ieyasu, é outro ponto turístico imperdível de Quioto.

4. Costumes e tradições

Quioto possui diversas ochayas, que são as casas de chá tipicamente japonesas. Nelas, mulheres com trajes de gueixas realizam performances que destacam os costumes e tradições típicas do Japão, enquanto servem a clientela com chá e outras bebidas.

5. Gastronomia tradicional japonesa

Uma das gastronomias mais prestigiadas do mundo, a cozinha japonesa é muito delicada e equilibrada, especialmente na cidade de Quioto. Nos restaurantes da cidade, é possível encontrar muitos pratos adaptados aos vegetarianos e veganos, devido à influência da religião budista.

O que fazer em Quioto

1. Kinkaku-ji

Também conhecido como Pavilhão Dourado, o Kinkaku-ji é um templo banhado a ouro com um belíssimo jardim budista, que exala tranquilidade e paz. Além disso, esse templo se encontra bem próximo de outros dois, o Gingaku-ji e o Shokoku-ji, que também merecem ser visitados e apreciados.

2. Fushimi Inari-taisha

É um santuário xintoísta dedicado a Inari, que é o deus do arroz e da agricultura, de acordo com a religião. Situado na base de uma montanha, é possível ainda subir o pico e, após uma caminhada de cerca de duas horas, visitar outro santuários menores e apreciar uma vista panorâmica de Quioto.

3. Gion

Bairro medieval de Quioto, com construções que ainda preservam esse caráter histórico, como as casas de chás das gueixas japonesas. Ao longo do mês de julho, o local recebe o festival de Yasaka Shrine, que atrai muitos turistas e moradores.

4. Montanha Arashiyama

Situada a oeste de Quioto, a Montanha Arashiyama oferece uma vista panorâmica da cidade. Cercada por uma floresta de bambu verde espetacular, o local possui uma serenidade natural que impressiona todos que o visitam. Além disso, na parte mais alta da montanha, existe o Parque dos Macacos de Iwatayama, onde é possível observar o habitat de algumas espécies de macacos selvagens.

5. Kiyomizu-dera

Este lugar se encontra dentro de um imenso complexo de santuários, onde os turistas podem conhecer vários templos. O local é dedicado ao deus do amor, e por essa razão, existe um desafio de que aqueles que conseguirem caminhar entre as duas pedras do amor, com os olhos fechados, terão sorte em encontrar a sua alma gêmea.

1. Kinkaku-ji

Também conhecido como Pavilhão Dourado, o Kinkaku-ji é um templo banhado a ouro com um belíssimo jardim budista, que exala tranquilidade e paz. Além disso, esse templo se encontra bem próximo de outros dois, o Gingaku-ji e o Shokoku-ji, que também merecem ser visitados e apreciados.

2. Fushimi Inari-taisha

É um santuário xintoísta dedicado a Inari, que é o deus do arroz e da agricultura, de acordo com a religião. Situado na base de uma montanha, é possível ainda subir o pico e, após uma caminhada de cerca de duas horas, visitar outro santuários menores e apreciar uma vista panorâmica de Quioto.

3. Gion

Bairro medieval de Quioto, com construções que ainda preservam esse caráter histórico, como as casas de chás das gueixas japonesas. Ao longo do mês de julho, o local recebe o festival de Yasaka Shrine, que atrai muitos turistas e moradores.

4. Montanha Arashiyama

Situada a oeste de Quioto, a Montanha Arashiyama oferece uma vista panorâmica da cidade. Cercada por uma floresta de bambu verde espetacular, o local possui uma serenidade natural que impressiona todos que o visitam. Além disso, na parte mais alta da montanha, existe o Parque dos Macacos de Iwatayama, onde é possível observar o habitat de algumas espécies de macacos selvagens.

5. Kiyomizu-dera

Este lugar se encontra dentro de um imenso complexo de santuários, onde os turistas podem conhecer vários templos. O local é dedicado ao deus do amor, e por essa razão, existe um desafio de que aqueles que conseguirem caminhar entre as duas pedras do amor, com os olhos fechados, terão sorte em encontrar a sua alma gêmea.

O que comer em Quioto

O cenário gastronômico de Quioto é muito variado, sendo possível destacar os estabelecimentos japoneses tradicionais, como o Hafuu Honten, além de restaurantes dedicados às culinárias francesa, italiana e indiana. Nesses locais, o valor de uma refeição pode variar entre JPY 5 mil e JPY 10 mil. Entre as opções mais acessíveis estão os restaurantes conhecidos no Japão como tachi-kui (coma em pé), muito comuns em estações de trem e no centro. Pratos simples à base de macarrão ou arroz custam a partir de JPY 300.

Quando visitar Quioto

Quioto em julho
Preço estimado de hotel
R$ 161
1 noite em hotel 3 estrelas
Quioto em julho
Preço estimado de hotel
R$ 161
1 noite em hotel 3 estrelas

Com um clima subtropical, o verão em Quioto é quente e úmido, enquanto o inverno é bem frio, geralmente com neve. Para escapar do calor intenso, a época mais indicada para conhecer a cidade é durante a primavera, entre os meses de abril e junho. É também nesse período que as cerejeiras desabrocham, o que atrai muitos turistas para a cidade.

Dados fornecidos por weatherbase
Temperaturas
Temperaturas
Média
Celsius (°C)
Dados fornecidos por weatherbase

Como chegar em Quioto

Avião

O Aeroporto Internacional de Osaka (ITM) é o mais próximo de Quioto, localizado a cerca de 50 km de distância. Saindo Brasil, os viajantes podem desembarcar no local após realizar pelo menos uma parada, geralmente em cidades europeias ou em Dubai. É possível ir do aeroporto até Quioto de ônibus ou trem, e os bilhetes custam a partir de JPY 6 mil.

Trens

É possível chegar a Quioto através do trem-bala que sai de Tóquio, o qual alcança uma velocidade de até 200 quilômetros por hora. O percurso tem uma duração média de três horas e custa JPY 1.300.

Carro

Os turistas que saem de Tóquio e Osaka de carro podem chegar até Quioto através da Rota Nacional 1, que interliga as três cidades. Contudo, o trem-bala é uma opção mais rápida e barata, o que torna o carro uma alternativa menos vantajosa no Japão.

Ônibus

A linha de ônibus Willer oferece viagens noturnas e muito confortáveis, saindo do Aeroporto de Haneda, em Tóquio, com destino a Quioto. O valor do bilhete é de JPY 7.100.

Aeroportos perto de Quioto

UKBKobe

Companhias que operam em Quioto

Lufthansa
Bom (1.371 avaliações)
United Airlines
Bom (2.464 avaliações)
American Airlines
Bom (3.898 avaliações)
KLM
Bom (292 avaliações)
Air France
Bom (295 avaliações)
Delta
Excelente (2.657 avaliações)
British Airways
Bom (937 avaliações)
SWISS
Excelente (357 avaliações)
Qatar Airways
Bom (930 avaliações)
Iberia
Bom (667 avaliações)
Air Canada
Bom (640 avaliações)
Emirates
Excelente (662 avaliações)
Austrian Airlines
Bom (196 avaliações)
Scandinavian Airlines
Bom (305 avaliações)
Etihad Airways
Bom (201 avaliações)
Finnair
Bom (449 avaliações)
Singapore Airlines
Bom (155 avaliações)
LATAM Airlines
Bom (630 avaliações)
Aeromexico
Bom (788 avaliações)
Malaysia Airlines
Bom (24 avaliações)
Ver mais

Onde se hospedar em Quioto

As acomodações em Quioto são até 50% mais baratas do que em Tóquio, e existe uma grande variedade de hotéis à disposição, desde os mais simples até os luxuosos com cinco estrelas.

Bairros populares em Quioto

Essa é uma área com muitas lojas de grife e restaurantes renomados. Conhecida por ser uma vizinhança histórica, formada por construções tradicionais e chamadas no Japão de machiya. Em termos de acomodação, o Kyoto Ryokan Gion Sano e o Hotel The Celestine são alternativas tradicionais e com um bom custo-benefício.

Essa é uma vizinhança mais comercial de Quioto, com muitas lojas de artesanato locais, assim como redes de grandes marcas. Também é próxima de pontos turísticos populares, como o Castelo Nijo. Para se hospedar nessa região, o Hotel Gran Ms Kyoto e o Ark Hotel Kyoto são opções elegantes, com estruturas muito boas e suítes confortáveis.

Nessas duas ruas, uma a leste e a outra a oeste do rio Kamo, concentra-se a melhor parte da vida noturna de Quioto. Em ambas, é possível encontrar muitos barzinhos, casas noturnas e restaurantes. Os turistas que escolhem se hospedar nessa área vão gostar do Solaria Nishitetsu ou do The Prime Pod, hotéis bem localizados e espaçosos.

Hotéis mais populares em Quioto por bairro

Onde se hospedar nas áreas mais populares de Quioto

Hotéis mais reservados em Quioto

Hotel Kanra Kyoto
Excelente (9.2 434 avaliações)
R$ 953+
Hotel Granvia Kyoto
Excelente (8.9 3043 avaliações)
R$ 454+
Kyoto Century Hotel
Excelente (8.8 684 avaliações)
R$ 347+
Hyatt Regency Kyoto
Excelente (8.8 338 avaliações)
R$ 704+
The Royal Park Hotel Kyoto Sanjo
Excelente (8.6 996 avaliações)
R$ 204+
Ver todos os hotéis

Como se locomover: Quioto

Transporte público

A estação de Quioto é o ponto central de onde operam linhas de trens, metrô e ônibus que circulam por toda a cidade. As tarifas do trem e do metrô são definidas por cada zona, e começam a partir de JPY 190. Os ônibus, por sua vez, têm uma tarifa fixa JPY 230.

Táxis

Os táxis estão por toda parte em Quioto, inclusive do lado de fora das estações de trem, terminais de ônibus e lojas de grande porte. A tarifa é de aproximadamente JPY 575 a cada 2 km rodados.

Carro

O aluguel de um veículo é recomendado para os turistas que querem explorar a parte natural de Quioto, onde o transporte público é mais escasso, como a região das Montanhas Kitayama. O valor das diárias custa em média JPY 8.175, e é preciso ter em mente que não é muito fácil encontrar estacionamentos nas áreas centrais da cidade.

Custo de vida em Quioto

Ruas para compras

As regiões de Shijo Street e Kawaramachi Street possuem um amplo centro de compras, com várias lojas de departamentos famosas no país, como a Takashimaya e a Marui. Já nas áreas no entorno da Estação de Quioto estão os principais shoppings da cidade.

Supermercados e outros

Embora o custo de vida em Quioto seja mais baixo que nas grandes metrópoles, fazer compras na cidade é um pouco caro. Para economizar, o ideal é ir em lojas de grandes redes, como o supermercado Fresco e também na parte de alimentos das lojas Takashimaya.

Refeição barata
R$ 37,94
Calça jeans
R$ 391,41
Passagem de transporte público
R$ 11,27
Cappuccino
R$ 17,75