Faça um roteiro pelas cidades da série do momento

A série espanhola La Casa de Papel, lançada ano passado, conquistou muitos fãs brasileiros e com certeza deixou muitos morrendo de ansiedade para finalmente descobrir o desfecho da série.

Pensando nos personagens intensos e que conquistaram nossos corações, o KAYAK, maior ferramenta de planejamento de viagens do mundo, preparou uma lista para quem deseja viajar pelas cidades que dão nome aos personagens.

Tóquio – Japão

Capital do Japão, Tóquio é urbana e vibrante! Em uma mistura incrível de modernidade e espiritualidade, a cidade concentra templos importantes como o Sensoji, talvez o mais famoso e antigo templo budista da capital.

Para conhecer ao Santuário Meiji Jingu é só caminhar pela trilha tranquila e arborizada até o ponto sagrado onde os adeptos do xintoísmo meditam, e ainda dá para aproveitar um passeio pelo Parque Yoyogi.

As ruas nostálgicas do Japão também são populares entre moradores e turistas. Não deixe de passar pela Akabane, OK Yokocho ou OK Alley, uma rua com cerca de 30 bares e restaurantes, alguns superespeciais, ponto certo para quem quer aquela verdadeira imersão na cultura japonesa.

Dá para sentir o agito no final da tarde, quando o cenário se transforma com os letreiros neon e lanternas balançando. A Tokyo Skytree é a mais nova atração da capital, e a torre mais alta do mundo.

Com exatamente 634 metros de altura, proporciona uma visão 360º do horizonte de Tóquio. Se quiser fugir da agitação, fuja para Okutama, região com montanhas, cavernas de calcário, camping e nascentes de água quente, perfeita para uma aventura ao ar livre.

Como a cidade tem estações bem definidas, cada época é uma experiência única e diferente, mas para quem quer economizar a gente dá a dica, novembro é o mês com preços mais baixos!

Berlim – Alemanha

Berlim é daquelas cidades cheias de programação para todos os gostos, não importa a época do ano. Quem gosta de história, arte ou cultura pode se esbaldar pelo roteiro de museus como o Checkpoint Charlie, parte do antigo Muro de Berlim, e o movimentado Memorial do Holocausto, perto do Portão de Brandemburgo, ambos imperdíveis.

Aproveite para visitar o próprio Muro, há algumas partes ainda em pé que merecem ser vistas. A Ilha dos Museus e os Museus do Estado de Berlim que abrigam obras de arte de todo o mundo também entram na rota artsy.

Aproveite a vibe da primavera ou verão para curtir os parques como Tiergarten, cenário perfeito para relaxar e tomar uma clássica cerveja alemã em um dos biergartens, bares típicos ao ar livre que vendem uma enorme variedade de cervejas e chops.

A paisagem suntuosa da Arcádia Prussiana deslumbra qualquer visitante com seus parques, palácios e lagos azuis entre Berlim e Potsdam. Mas fica a dica: o inverno é bastante rigoroso – para quem gosta do friozinho, o outono (setembro a dezembro) tem temperaturas mais amenas e novembro pode ser atrativo pelas tarifas mais baixos.

Nairóbi – Quênia

Nairóbi, a exótica capital do Quênia é o destino ideal para quem tem sede de aventura (e coragem para ver de perto alguns dos animais mais selvagens!).

Os passeios por Nairóbi normalmente incluem visitas ao Parque Nacional de Nairóbi, habitat de zebras, búfalos, girafas, leões, chitas, hipopótamos e rinocerontes, entre tantos outros.

Dentro dele está o Orfanato de Animais de Nairóbi, um Centro Educacional onde você pode aprender tudo sobre a vida selvagem. Ou quase tudo! Não deixe de passar pelo adorável Orfanato de Elefantes que tem filhotes fofinhos de todo o Quênia, e pelo Parque Mamba Village, lar de avestruzes e crocodilos, onde você pode até segurar bebês crocodilos, claro, com assistência de um expert.

O Bomas do Quênia, na estrada Lang’ata, é um reservatório da cultura queniana, onde se pode ver exposições de casas tradicionais do Quênia, artefatos, danças, músicas e canções. A melhor época para se visitar o Quênia é entre janeiro – com os melhores preços – e março e entre junho e setembro, quando a probabilidade de chuva é menor.

Rio de Janeiro – Brasil

Um dos personagens mais queridos da série, o Rio, recebeu o nome da nossa querida cidade brasileira. Para quem deseja conhecer um dos destinos mais procurados no país, não pode deixar de fazer alguns passeios clássicos pela cidade.

O Maracanã já foi cenário dos mais importantes clássicos do futebol brasileiro e oferece um tour pelos bastidores do mais famoso estádio do mundo. Saindo da Praia Vermelha, dois bondinhos levam até o Pão de Açúcar, onde é possível ter uma visão incrível da paisagem carioca.

No alto do morro do Corcovado está o Cristo Redentor, um dos pontos turísticos mais famosos do Rio de Janeiro e é parada obrigatória, junto com o Pão de Açúcar. A Quinta da Boa Vista é um dos maiores parques urbanos da cidade, e preserva os jardins e lagos criados pelo paisagista francês Auguste Glaziou.

Com uma proposta pioneira em todo o mundo, o visionário projeto do Museu do Amanhã é um espaço de debate sobre o impacto das ações atuais e como é possível alterar o cenário mundial.

Quem quer fugir do calor escaldante do Rio no verão, pode viajar para a cidade nos meses de junho a agosto, quando a temperatura está mais amena e chove menos. Por conta da baixa temporada, agosto é o mais barato barato para conhecer a cidade.  Do contrário, janeiro e fevereiro são as pedidas!

Denver – Estados Unidos

 

Denver é uma cidade animada e agitada, que combina a forte tradição do faroeste e a vida ao ar livre de uma cidade urbana. A Denver Union Station Plaza pode parecer um local um pouco improvável de encontrar produtos locais frescos, e um programa de apicultura urbana.

A estação e seus restaurantes fizeram uma parceria com o projeto de apicultura, e hoje é possível encomendar deliciosos doces, bebidas e outras guloseimas feitas com mel produzido no local. O 16th Street Mall oferece 42 cafés ao ar livre ao longo do shopping, tornando o lugar perfeito para comer e apreciar um bom café.

Denver é o quarto centro mais movimentável dos Estados Unidos, lar de alguns dos locais mais populares para visitar na cidade, como o LoDo Historic District, bairro mais antigo e oferece restaurantes, galerias, lojas e boutiques mais conhecidos da cidade.

No Capitólio do Estado do Colorado, é possível ter uma visão panorâmica dos picos cobertos de neve. O Museu de Arte de Denver é composto de dois prédios com uma arquitetura impressionante – um deles é uma estrutura de fortaleza do arquiteto italiano Gio Ponti e o outro, uma estrutura que lembra um cristal de titânio com picos e cacos projetado por Daniel Libeskind.

Dentro, se encontra a maior coleção de arte indígena do mundo e 68.000 outros objetos de arte, incluindo obras de mestres europeus, clássicos do Velho Oeste e exposições imperdíveis. O verão (de junho a agosto) é a época mais popular para se conhecer a cidade, com tardes quentes e noites frias. Para economizar, no mês de março, a baixa temporada oferece preços melhores.

Moscou – Rússia

 

Que Moscou está super em alta por conta do mundial de futebol você já sabe, mas sabe também o que é preciso para aproveitar o melhor da cidade? A gente te conta! Claro que tudo começar na Praça Vermelha, um dos pontos turísticos mais mais fotografados do mundo, mas não deixe de conhecer por dentro pontos como a Catedral de São Basílio, palco de vários acontecimentos ao longo da história.

Os prédios com arquitetura impressionante, foram erguidos a mando do líder russo para celebrar a vitória da União Soviética na Segunda Guerra.  O maior deles, talvez até o mais bonito, está no campus da MGU, a maior universidade da Rússia. No Bairro Kitay-Gorod, bares, restaurantes e casas noturnas, tomam conta e é indicado para quem pretende curtir a noite de Moscou.

E ao andar por Moscou não deixe de olhar pra cima, você pode avistar alguns dos sete famosos arranha-céus conhecidos como As Sete irmãs de Stalin. Para os amantes de balé o Teatro Bolshoi é um sonho que se materializa diante dos olhos, um dos maiores teatros de ópera e balé da Rússia e um dos mais importantes do mundo.

O complexo que fica na Praça do Teatro já foi palco de mais de 800 produções, incluindo célebres óperas russas. Para quem curte um frio intenso, dezembro a março é o auge do frio na cidade.

Já as temperaturas mais amenas de junho a setembro deixam os turistas curtirem mais a cidade. Para aproveitar os melhores preços, março é uma ótima ideia.

Helsinque – Finlândia

 

Capital da Finlândia, Helsinque é uma cidade vibrante, com belas ilhas e grandes parques verdes. O ritmo da cidade é tranquilo e, ao mesmo tempo revigorante, com ótimos restaurantes e casas noturnas.

O design, arquitetura, cultura e compras são grandes formas de explorar áreas como parques, florestas, lagos e a costa, em um passeio natural. Um terço de Helsinque é coberto por áreas verdes, e oferece possibilidades para atividades ao ar livre e muito relaxamento.

Caminhar na natureza finlandesa é um passeio relaxante e que libera o espírito. O Restaurante Day é comemorado anualmente com um grande carnaval mundial de comida a cada terceiro sábado de maio. Nesse período, qualquer pessoa pode montar um restaurante em qualquer lugar.

Isso significa que as pessoas comuns podem ser chefs e sommeliers, em uma mudança que resulta em muita diversão e comida, além de maravilhosos encontros e memórias. A melhor época para se visitar a cidade é entre primavera e verão, de maio a setembro, quando as temperaturas estão mais amenas, pois o inverno é rigoroso. Em janeiro, na baixa temporada, os preços caem junto com a temperatura.

Oslo – Noruega

 

Oslo é um lugar cheio de energia, com uma culinária moderna, muita moda e arte. Os prédios icônicos, tornam a cidade mais urbana, mas Oslo ainda mantém proximidade com a natureza. Não à toa foi nomeada Capital Verde da Europa de 2019 por sua dedicação à preservação de áreas naturais.

Passeios pela floresta, mergulhos no fiorde e apreciar um concerto musical, fazem parte dos principais passeios pela cidade. Oslo é uma cidade moderna, todos os seus bairros oferecem algo de especial e são facilmente acessíveis a pé, de transporte público ou de bicicleta.

Durante o inverno, é possível buscar atividades como a patinação no gelo e o esqui. Oslomarka, a enorme floresta nas encostas das colinas que cercam a cidade, oferece imensas opções de trilhas públicas para o esqui cross-country.

O Parque de inverno de Oslo é o maior resort de esqui dentro da cidade e oferece pistas para crianças, iniciantes e esquiadores experientes. A Reserva natural de Nordmarka, oferece mais de quilômetros de pistas para o esqui cross-country.

Já o Museu do esqui e torre Holmenkollen, reúne mais de um século de história de competições de esqui. Entre maio e setembro as temperaturas são mais amenas, o que garante uma viagem mais incrível, mas para economizar, o melhor mês é março.

Links úteis

Passagem para Tóquio

Passagem para Berlim

Passagem para Nairóbi

Passagem para Rio de Janeiro

Passagem para Denver

Passagem para Moscou

Passagem para Helsinque

Passagem para Oslo

Relacionados
Roteiro Portugal - Espanha

Roteiro de viagem: 12 dias num roteiro Portugal-Espanha

Uma road trip ibérica figura nos sonhos de muitos viajantes. Mas montar um roteiro Portugal-Espanha em pouco tempo pode ser...
KAYAK Brasil
Tiradentes faz parte das cidades históricas de Minas Gerais

Cidades históricas de Minas Gerais: um roteiro pelo passado

Fazer um roteiro pelas principais cidades históricas de Minas Gerais é como viajar pelo passado. Destinos como São João del-Rei,...
KAYAK Brasil
Descubra as melhores ofertas de voos e o melhor momento para reservar

Descubra as melhores ofertas de voos e o melhor momento para reservar

Você já fez seus planos para viajar no final do ano? Se ainda não comprou sua passagem para tornar este...
KAYAK Brasil
Recentes Ver todos
Porto alternativa: Conheça o lado B da cidade portuguesa

Porto alternativa: Conheça o lado B da cidade portuguesa

A cidade de Porto é um dos destinos mais procurados do mundo para turismo e intercâmbio. A facilidade da língua,...
KAYAK Brasil
5 mercados abertos para conhecer ao redor do mundo

5 mercados abertos para conhecer ao redor do mundo

Comidas típicas. Temperos. Roupas e tecidos tradicionais. Artesanato. Aromas, música, performances… Bem-vindo ao universo dos mercados abertos! Não importa para...
KAYAK Brasil