Muito além dos Cem Anos de Solidão: conheça as Macondos da vida real

Independentemente de ser um amante da literatura ou não, uma coisa é certa: o nome “Cem Anos de Solidão” deve lhe soar familiar. A obra mais conhecida de Gabriel García Márquez é uma das mais aclamadas em todo o mundo e, nesse ano, será adaptada até mesmo para as telas, em formato de série. A história se passa inteiramente em um vilarejo fictício no interior da Colômbia, a famosa Macondo, um povoado pequeno e mágico, com raízes históricas e culturais.

Macondo pode não ser real, mas existem outros pequenos vilarejos e cidades espalhadas pelo mundo que, assim como a aldeia, têm uma atmosfera quase que fantástica, repleta de cultura e história em todos os cantos. Confira:

Aracataca, Colômbia

High angle view of “Pueblito Paisa” main square at early dusk on Cerro Nutibara of Medellin, Antioquia, Colombia

Aracataca não faz parte dessa lista à toa: a pequena cidade colombiana é nada mais, nada menos do que o berço de Gabriel García Márquez. Gabo, como é carinhosamente chamado por seus leitores, inspirou-se em Aracataca para desenhar e dar vida à Macondo de sua obra. E isso, claro, deu uma nova cara à cidade: por todos os lados, você pode encontrar referências a Cem Anos de Solidão e seu consagrado autor – seja em pensões, restaurantes, pequenas livrarias, cafés e até mesmo em escolas e hortas comunitárias!

A cidade faz parte do distrito de Magdalena e fica a cerca de 80km de Santa Marta, cidade com mais opções de hospedagem e infraestrutura para os visitantes, incluindo um aeroporto que recebe voos do Brasil. Para chegar a Aracataca, o viajante conta com opções de transporte para todos os gostos e bolsos: desde ônibus públicos até vans e fretados turísticos.  

Vila de São Jorge – Alto Paraíso, Chapada dos Veadeiros

Para quem busca um destino mais perto de casa, não se preocupe: a charmosa e rústica Vila de São Jorge é um pedaço mágico dentro da conhecida Chapada dos Veadeiros, e já se tornou um dos destinos mais procurados pelos turistas da região. A vila esbanja cultura e simplicidade, e é o refúgio ideal para quem busca um contato maior com as energias de toda a natureza da Chapada, além de oferecer pequenos restaurantes aconchegantes, opções de artesanato e eventos artísticos e culturais.

A pequena cidade é situada a 36km de Alto Paraíso de Goiás, opção mais acessível no quesito infraestrutura, contando com hotéis, pousadas e aeroporto. As duas são separadas por uma estrada já pavimentada e o acesso pode ser feito por carro, ônibus e fretados turísticos disponíveis na região.

Yangshuo, China

Rice terrace in China

O pequeno vilarejo de Yangshuo já se tornou um dos destinos mais inusitados e procurados por quem viaja à China. E não é à toa: é uma das paisagens mais encantadoras de toda a Ásia, com caminhos de terra, lagos, campos de arroz e aldeias emolduradas pelas montanhas da região central chinesa. É também um dos melhores lugares da China para escalada em rochas, além de oferecer passeios fluviais inesquecíveis. O passeio em barco de bambu pelo Rio Yulong, por exemplo, é uma atividade imperdível para quem visita a região e quer conhecer ainda mais das paisagens surreais de Yangshuo.

O vilarejo se situa próximo a Guilin, maior centro urbano da província e rota acessível com infraestrutura de hospedagem, alimentação e aeroporto. Para chegar até Yangshuo, você tem duas opções principais: o barco, cujo trajeto dura cerca de quatro horas e passa por paisagens de tirar o fôlego, e o ônibus, opção para quem procura mais praticidade no transporte e economia de tempo (a viagem dura apenas 1 hora e 20 minutos). Escolha sua rota preferida e se prepare para descobertas mágicas!

Sapa, Vietnã

O verde e despreocupado Sapa é um refúgio em meio às caóticas cidades do Vietnã. O vilarejo se situa em uma região montanhosa e de difícil acesso, mas que vale cada segundo da visita. Destino procurado por muitos mochileiros e turistas, Sapa tem um charme próprio e carrega muita história e cultura em cada canto: é povoado pela etnia Hmong, nativa da região há séculos, e são suas tradições que ditam o tom do vilarejo. Por isso, Sapa carrega uma magia digna de Macondo, e garante aos viajantes um turismo histórico, artístico e até mesmo ecológico: a região é ideal para trekking em meio aos campos de arroz.

Para chegar, a rota mais acessível é voar para Hanói, capital vietnamita, e seguir pela rota ferroviária até a região de Sapa. Apesar de longa (a rota do trem pode durar mais de nove horas), esse trecho da viagem ocorre, geralmente, em horários noturnos, permitindo ao viajante aproveitar algumas horas de descanso enquanto segue viagem.

Gostou? Solte a imaginação e se prepare para conhecer esses destinos fantásticos.

Links:

Passagens aéreas para Santa Marta, Colômbia

Hospedagens em Santa Marta, Colômbia

Passagens aéreas para Goiânia

Hospedagens em Alto Paraíso

Passagens aéreas para Guilin, China

Hospedagens em Guilin, China

Passagens aéreas para Hanói, Vietnã

Hospedagens em Hanói, Vietnã

Relacionados
Explorando Westeros: Conhecendo os Sete Reinos na vida real

Explorando Westeros: Conhecendo os Sete Reinos na vida real

Os Sete Reinos podem ser parte de um mundo ficcional e fantástico, mas as paisagens de tirar o fôlego e...
KAYAK Brasil

Austrália: uma viagem para além dos cangurus

Planejando sua próxima viagem, mas ainda não sabe para onde ir? Nossa dica do mês é fazer uma viagem completa...
KAYAK Brasil

Conheça o perfil dos turistas que estarão no Rio em agosto

Nova-iorquinos são os estrangeiros que mais buscam passagens para o destino; pesquisa aponta que variação de preço para hospedagens pode...
KAYAK Brasil
Recentes Ver todos

Roteiro underground nos EUA: Miami, Nova York e Orlando

Miami, Nova York e Orlando são alguns principais destinos dos turistas nos Estados Unidos. Porém, é fácil cair na rotina...
KAYAK Brasil

5 construções extraordinárias para quem ama arquitetura

Para os apreciadores de arquitetura de plantão, não há nada melhor do que ver de perto construções extraordinárias. Ao redor...
KAYAK Brasil