Um final de semana em Montevidéu!

Na foz do Rio da Prata, Montevidéu tem uma atmosfera sossegada, com ruas arborizadas, prédios antigos e todo aquele charme antigo de cidade pequena. Mas não se engane: a capital do Uruguai está cheia de lugares bacanas esperando para serem descobertos! O KAYAK preparou um roteiro de 48 horas em Montevidéu, para você explorar as ruas e as melhores atrações da cidade em um final de semana ou passagem rápida por lá – já que nem sempre temos férias e feriados emendados, né? Dá uma olhada!

 

Estique as pernas e descubra a cidade

 

Montevidéu é uma cidade que convida a longas caminhadas. Portanto, nada de perder tempo no hotel. Escolha seus sapatos mais confortáveis e vá explorar as ruas retas e planas da Ciudad Vieja. Com prédios em estilo art deco e sombreadas por árvores, elas podem ser percorridas em um passeio despreocupado, parando em lojas e museus, ou em um café para recarregar as energias. Aos sábados, a Plaza Constitución recebe uma tradicional feira de antiguidades, onde é possível encontrar um pouco de tudo. Diante da praça, o Museo Histórico Cabildo de Montevidéu tem várias exposições temporárias e permanentes, que incluem pinturas, fotografias, esculturas e outros formatos. Próximo dali, o Museo Torres Garcia reúne várias obras de Joaquin Torres Garcia, pintor, muralista, escultor e escritor, considerado um dos grandes artistas uruguaios. Se tiver mais um tempinho, também é possível visitar o Museo Gurvich, dedicado a José Gurvich, que foi aluno de Torres Garcia e considerado um de seus discípulos mais brilhantes.

O churrasco uruguaio assim-assado

 

Quando a fome bater, é hora de parar no Mercado Del Puerto. Construído no porto de Montevidéu no século XIX como um mercado para a produção agropecuária da região, o Mercado Del Puerto hoje é um polo gastronômico, com várias opções para comer e beber. Não deixe de provar o asado, ou churrasco uruguaio, preparado na parrilla, ou churrasqueira, na frente do freguês. Experimente cortes como vacio, ojo de bife ou asado de tira, acompanhados de cerveja ou vinho locais. Além dos excelentes cortes de carne bovina, também vale a pena experimentar quitutes locais como o choto e a mojella, miúdos de vaca ou ovella, servidos como aperitivos antes da carne.

 

O espetáculo fora do palco do Teatro Solís

 

O Teatro Sólis é um dos cartões postais de Montevidéu e parada obrigatória na cidade. Ele recebe grandes apresentações de teatro, dança e, principalmente, música de vários gêneros. Fique de olho na programação para não perder os destaques da temporada. Fora dos palcos, o prédio do teatro é um espetáculo à parte: é possível fazer visitas guiadas e descobrir os segredos de sua construção e seu funcionamento. Há inclusive uma visita temática que conta as lendas e mistérios do Sólis. Dependendo do horário, pode ser possível ver alguma apresentação, conforme a programação escolhida, fique ligado.

 

Anoiteça e amanheça dançando

 

Nada como aproveitar a noite na região conhecida como Soho, que fica entre os bairros de Cordón e Parque Rodó, e é uma das opções para os boêmios. As ruas Juan Manuel Blanes e Charrua concentram vários bares onde é possível beber, comer e dançar. Se a ideia é aproveitar a noite para ver um show, não perca a programação do El Mingus, no bairro de Parque Rodó, com suas apresentações de jazz. Para quem quer algo mais refinado, as regiões de Punta Carretas e Pocitos têm opções mais sofisticadas, como o Negroni, famoso por seus coquetéis modernos. Quem quer experimentar os ritmos locais não pode perder o El Pony Pisador, na Ciudad Vieja, para uma noite inteira de cumbia e outros ritmos latinos.

 

Experimente o café uruguaio no Café Brasileiro

 

Que tal recarregar as energias com um bom cortado e com uma medialuna para aproveitar seu segundo dia na cidade? Calma que a gente explica: o cortado é o nome uruguaio do café com leite, enquanto a medialuna é um pãozinho parecido com um croissant, servida com geleia, manteiga, dulce de leche ou como você preferir. Para fazer esse lanchinho, nada melhor do que escolher um dos charmosos cafés de Montevidéu. Na Ciudad Vieja, o Café Brasileiro é o mais antigo da capital uruguaia, frequentado por escritores e intelectuais. A visita vale a pena pelo cardápio e também pela arquitetura antiga, já que foi construído no final do século XIX. Perto dali, o Oro Del Rhin também oferece especialidades de confeitaria para todos os paladares.

 

Vinhos direto da fonte

 

O vinho é uma das especialidades uruguaias, especialmente os rótulos produzidos com a variedade de uvas tannat, típica do Uruguai. Os apreciadores de vinho que quiserem aprender mais sobre a bebida podem aproveitar para visitar algumas das vinícolas no entorno de Montevidéu, como a Bodega Bouza, a Bodega Artesana e a Juanicó. Os visitantes podem participar de visitas guiadas onde, além de conhecer as plantações de uvas, aprendem sobre o processo de fabricação e, é claro, degustam o produto final. Vale a pena se informar com antecedência sobre a vinícola escolhida: algumas delas possuem também restaurantes, onde é possível harmonizar vinhos e carnes.

 

Sinta-se em casa com a arquitetura do Uruguai

 

Um dos prazeres de caminhar por Montevidéu é admirar a arquitetura da capital uruguaia, com seus prédios preservados em vários estilos, com destaque para o art deco. Uma das joias arquitetônicas de Montevidéu fica na região do Parque Rodó. Construída em 1930, a casa modernista do arquiteto uruguaio Julio Vilamajó Echaniz hoje é um museu aberto ao público. Considerado um dos maiores arquitetos uruguaios, Vilamajó fez parte da equipe que projetou o prédio da ONU em Nova York, junto com Le Corbusier e Niemeyer.

 

Compras, presentes e lembrancinhas

 

Não vá embora sem antes fazer umas comprinhas.  Uma boa dica é explorar o bairro de Punta Carretas. A feira semanal (normalmente aos sábados) do Parque Villa Biarritz tem de tudo, desde frutas e verduras até roupas descoladas, acessórios e até mesmo móveis e objetos para a casa. Perto do parque, o Shopping Punta Carretas tem muitas opções de lojas de marcas nacionais e internacionais. Para quem pode gastar um pouco mais, outra opção é visitar as lojas do bairro de Carrasco, onde estão as grandes marcas, assim como os restaurantes mais sofisticados.

 

Gostou? Arrume as malas e prepare-se para um final de semana inesquecível!

 

Confira passagens aéreas, hotéis e aluguel de carros em Montevidéu.