Roraima: seu norte é aqui!

Sabe aqueles lugares tão, tão distantes? Sim, Roraima é um deles! Mas o que tem de distante, tem de belo e único. Muitas pessoas conhecem Roraima somente pelo famoso e magnifico Monte Roraima. Mas vou te contar um pouco sobre Roraima, além do Monte Roraima.

 

 

A capital de Roraima, Boa Vista, é porta de entrada para quem chega ao estado. Sendo a única capital do extremo norte, acima da linha do Equador. No norte do Brasil, muito no extremo, Roraima faz fronteira com dois países, a Venezuela e a República Cooperativista da Guiana. Só para lembrar: um país fala língua espanhola e o outro a inglesa.

Para chegar à Roraima, ou é via aérea, no aeroporto da capital, ou via rodoviária pela BR-174 para quem vem de Manaus e Venezuela. E também via BR-401 para quem vem da Guiana.

 

Para vir à Roraima, não tem tempo ruim, temos sol o ano todo, com alguns períodos de chuvas entre abril e setembro, o que não nos impede de usufruir das belezas naturais do Estado e que em muitos lugares ficam até mais bonitos.

 

 

Tão distante e cheia de belezas naturais intocadas, é Roraima. Além do Monte Roraima, temos a Serra do Tepequém e Serra Grande. Também muitos lagos, lagoas, igarapés, cachoeiras e rios com belos pores do sol. E acreditem! Muitos ficam a poucos quilômetros da capital.

 

 

Com toda essa riqueza natural, aqui são praticados o caiaque, stand up paddle board, canoagem, passeios de barcos, paraquedismo, parapente, paramotor e kitesurf.

 

 

Não é só de flora que o turismo em Roraima vive. Temos uma vasta fauna, onde pode ser praticado o turismo de observação de aves, a pesca esportiva no baixo Rio Branco (rio que banha o estado) e a observação de outros animais silvestres e do nosso símbolo, o tamanduá bandeira que sempre aparece entre as savanas roraimenses.

 

Se tem fauna e flora, também temos patrimônio e história; no centro histórico, as histórias estão presentes nos traços arquitetônicos da capital Boa Vista. Você pode fazer um city tour e conhecer um pouco do caldeirão cultural construído em Roraima, forte na cultura dos donos da casa, os indígenas; dos desbravadores portugueses e espanhóis e dos nordestinos que aqui chegaram em busca de oportunidade. Atualmente, podemos ver uma mescla de cultura venezuelana e guianense presentes na culinária, música e arte local.  Tudo isso é Roraima, um caldeirão em mutação cada vez mais grandioso em cultura e turismo.

 

 

Quando se perguntar onde é seu Norte você já sabe, é aqui! Roraima! Mais um pin no seu mapa de descobertas desse belo país chamado Brasil. Vem para Roraima!

 

Por Jordana Cavalcante, do Jô Viajou

Destaques Ver todos

Conheça 6 ferramentas perfeitas para viajar acompanhado

Não tem coisa melhor do que viajar e poder conhecer lugares do mundo ao lado de quem a gente gosta....
KAYAK Brasil
Onde ir na Argentina: 12 cidades argentinas para visitar

Onde ir na Argentina: 12 cidades argentinas para visitar

Tal qual o Brasil, a Argentina são vários países dentro de um só. Segundo maior país da América do Sul,...
KAYAK Brasil

KAYAK Travel Awards: Descubra qual influenciador vai inspirar sua próxima viagem

Eles são experts de viagens, desde os voos até os melhores passeios para se fazer em cada lugar visitado. Eles...
KAYAK Brasil
Recentes Ver todos

Guia do Orgulho: 10 cidades para celebrar o Orgulho LGBT em 2019

Já se passaram 50 anos desde que a Rebelião de Stonewall deu início ao movimento moderno do orgulho LGBT, o...
KAYAK Brasil
Onde viajar nas férias de julho

Descubra 12 lugares para viajar nas suas férias de julho

Aproveitar as férias de julho para viajar é o sonho de muitos. Seja para curtir as baixas temperaturas do inverno,...
rsantos