Dicas de Copenhague por Karina Sell, do KAWALK

1. Você tem ou indica uma playlist no Spotify ou no Deezer que você ache a cara desse roteiro e que possa embalar a leitura dos viajantes? 

Minha lista no Spotify somente com artistas escandinavos. 

 

2. O que fazer na parte da manhã?

The King’s garden, Frederiksberg palace and gardens ou passear pela Harbour. Visite a Biblioteca Nacional por dentro e visitar o Opera House e Christiansborg Palace.

Island Brygge – é uma parte da Harbour onde os dinamarqueses vão nadar. No verão fica lotado e mesmo no inverno alguns vão para o “Winter bath”.

 

3. Você tem ou indica algum vídeo aéreo do destino? Feito com tour de helicóptero ou com drone, por exemplo?

Tem esse Vídeo que mostra bem Copenhagen. E nesse link o Insta de um fotógrafo profissional que tira fotos de avião. As fotos aéreas são lindas e ele posta vários vídeos nos stories.

 

4. O que comer no almoço, o que é típico do local para comer e beber?

Copenhagen tem a vida noturna bem agitada. Com muitos restaurantes e bares. É uma das 5 cidades da Europa com mais estrelas Michelin. Até um simples cachorro-quente é delicioso. Aliás, o cachorro-quente é algo que eles se orgulham e vale a pena experimentar. Aqui alguns dos “carrinhos” mais tradicionais da cidade.

 

Restaurantes para almoço e guloseimas:

Meatpacking district – área descolada com vários restaurantes e bares

Reffen –  área com vários bares/ street food

Café e restaurante no Opera House

https://www.grospiseri.dk/

Den Rode Cottage

Bane Garden – lugar bem “roots” fica escondido atrás de uma linha de trem

Experimente o Banana – sorvete sustentável, feito a base de bananas que seriam descartadas.

La Glace – loja de tortas e bolos desde 1870

 

Não deixe de comer um legítimo “danish pastry” conhecido no mundo todo. Há padarias espalhadas por toda cidade e são ótimas. Algumas opções: Lagkagehuset, Juno e Hart bageri. Vale experimentar também os famosos marzipans e chocolates de licour da marca Anthon Berg.

 

5. Conhece ou sugere algumas palavras ou expressões locais nas quais os brasileiros devem prestar atenção para se saírem melhor durante uma futura visita?

Hygge – É uma palavra dinamarquesa que não possui tradução para outros idiomas. Hygge é um conceito de bem estar e felicidade como passar um momento entre amigos, um ambiente aconchegante, etc. Isso é muito forte na cultura dinamarquesa e até estudado.

 

6. O que fazer na parte da tarde?

Dyrehaven – Parque natural Unesco lindo com lagos e milhares de cervos que pastam livremente pelo parque.

Copenhill – O prédio é usado para transformar o lixo da cidade em energia (Parte do lixo da Dinamarca é reciclado e outra transformado em energia). Pensando em transformar o lugar que teria tudo para ser “ruim”, eles transformaram a parte superior em uma área de esqui. Dessa forma, mesmo a Dinamarca sendo um país muito plano e sem montanhas, os dinamarqueses podem aproveitar para esquiar. E melhor ainda, é possível esquiar no verão também. Também há vários eventos, festas e DJs à tarde e tem outros esportes também. P.S: A chaminé que você vê no Copenhill não é fumaça, é apenas vapor e sem cheiro algo. Essas “usinas” estão pela Dinamarca toda. Esse é um dos projetos do governo para transformar Copenhagen a primeira cidade autossuficiente e sustentável do mundo até 2025 e a Dinamarca toda até 2030.

 

Caso a viagem seja na primavera: Bispebjerg cemetery – Pode parecer estranho recomendar um cemitério mas ele é tão lindo que muitos dinamarqueses frequentam como um parque. Durante a primavera, quando as cerejeiras florescem, ele fica completamente rosa.

Verão: Passeio pelos canais de Goboat – barco elétrico feito com madeira sustentável.

Inverno: Faça um cruzeiro pelos canais de Copenhagen com um “barco piscina” ou sauna.

 

 7. Alguma curiosidade sobre o destino que você ache importante destacar?

Os dinamarqueses possuem uma cultura muito forte que preza pelo minimalismo e jeito simples de viver. É importante entender isso antes de visitar a cidade ou o país para não perder experiências incríveis. Por trás de uma simples porta pode ter um atelier de design com um artista renomado no mundo todo. Mesmo restaurantes renomados na cidade, que estão na lista dos melhores do mundo, o ambiente vai ser muito aconchegante com muitas velas ao invés de lustres pretensiosos. Esteja com olhos abertos!

 

Vale a pena visitar também:

Ateliê de cerâmica: MK Studio, Tina Marie

Design: Georg Jensen

Sustentabilidade: Blox instituto onde é possível conhecer mais sobre arquitetura e design dinamarqueses e sustentabilidade. O objetivo do instituto é trazer soluções para tornar Copenhagen mais sustentável e habitável. Ali também há escritórios de empresas que possuem esse objetivo. Research Lab (laboratório que promove e pesquisa soluções melhores para as pessoas e o planeta com experimentos, eventos, testes e amostras. Alguns exemplos: carne moída de insetos, comida feita em laboratório etc.)

 

 8. Alguma dica para quem viaja com filhos, em família?

A Dinamarca é um lugar incrível para viajar em família. O Tivoli (2º parque mais antigo do mundo) fica no centro da cidade e é uma das principais atrações mesmo para quem não vai com crianças. É importante sempre verificar o calendário pois sempre tem atrações e também decorações temáticas. A partir de meados de novembro, por exemplo, o Tivoli fica lindo com a decoração e feirinha de Natal. É de encher os olhos d’água de qualquer criança e adulto de tão lindo.

 

Dyrehavsbakken – É o parque de diversões mais antigo do mundo. Além dos brinquedos, tem uma área verde linda e comidas típicas.

 

Obs.: Não se espante quando estiver andando pelas ruas de Copenhagen e encontrar carrinhos de bebê fora dos estabelecimentos com bebê dormindo. É comum os pais deixarem os bebês no carrinho do lado de fora tirando uma soneca enquanto fazem compras, vão num restaurante etc. A sociedade dinamarquesa é muito baseada na confiança e centralizada na sociedade e não no indivíduo. Eles dizem que: “you might think no one is watching the baby but in reality everybody is”- “muitos podem pensar que ninguém está cuidando do bebê, mas na verdade todo mundo está”

 

Eles também dizem que no ar frio e em ambiente aberto, o bebê dorme mais pesado. Além do ar frio ajudar no sistema respiratório. Além disso, o carrinho dentro do estabelecimento atrapalha a circulação das pessoas.

 

9. O que comer à noite, incluindo comida e bebida típicas, local de dança típica, lugares da moda ou curiosos, únicos etc.

Alchemist – restaurante holístico – experiência surreal (coloquei o vídeo)

Punk Royale – restaurante muiiiiito cool, eles colocam fogo no restaurante… garçons…

Noma – Único restaurante do mundo a receber o prêmio de melhor restaurante do mundo 4x.

Soepavillonen

Meatpacking district tem vários bares tbm.

 

10. Alguma dica de filme, livro, podcast, vídeo etc. que tenha a ver com o destino?

Desde que tive meus primeiros contatos com a cultura fiquei tão fascinada que comecei a ler muito sobre o estilo de vida dinamarquês e acabei descobrindo que eu não estava sozinha. Há muitos estudos, pesquisas e livros.

 

Livros:

The Danish way of Parenting – Livro muito interessante de uma jornalista americana pesquisando como os dinamarqueses se tornam adultos bem sucedidos, felizes e confidentes.

The Year of Living Danishly – Jornalista inglesa escreveu esse livro relatando sobre sua experiência vivendo na Dinamarca e tentando aprender e viver da forma deles. Fala muito sobre a cultura e estilo de vida.

The Little book of Hygge – Sobre o jeito dinamarquês de viver bem e ser feliz. 

The almost nearly perfect people – Jornalista relata sobre os países escandinavos.

Outros: 

The Nordic Theory of Everything

Viking Economics

Minimalism and Hygge 

Filmes dinamarqueses (todos muito bons – recomendo mesmo):

O mais recente: Another Round – Foi indicado ao Oscar, não sei se ganhou 

The Fortunate Man – Baseado em fatos reais

Terra de Minas – Baseado em fatos reais

A hijacking – Baseado em fatos reais

Séries dinamarquesas:

Equinox

Borgen 

Vídeos:

Oprah na Dinamarca mostrando a cultura e Copenhagen

Como parecer um dinamarquês

Vídeo sobre Dinamarca da CNBC

Ted sobre o “escuro” da Dinamarca

Plantando sementes de felicidade

Day trips:

Forgotten giants – Procure pelos esquecidos gigantes na floresta – esculturas gigantes feitas de madeira.

Frederiksborg Castle – Castelo/museu 

 

Blog: kawalk.com.br
Instagram: https://www.instagram.com/karina.sell/ 

Relacionados
foto de uma cidade à noite, na beira de um rio, iluminada por fogos de artifício

5 dicas para viajar nas férias de fim de ano de 2020

1. Viaje com segurança e tranquilidade Este ano surpreendeu a todos em muitos aspectos, um deles foi a mudança na...
KAYAK Brasil
Crie e compartilhe dicas de viagem com os Guias KAYAK

Crie e compartilhe dicas de viagem com os Guias KAYAK

Você já escolheu o seu destino, reservou as passagens e marcou tudo na agenda. Mas aí vem a tarefa que...
KAYAK Brasil
foto de uma praia, com céu limpo e um coqueiro na beira da praia.

5 dicas para voltar a viajar economizando na Black Friday

O fim de semana mais barato do ano começa mais cedo no KAYAK. A Black Friday está marcada para o...
KAYAK Brasil
Recentes Ver todos
Destinos possíveis para voltar a viajar

Destinos possíveis para voltar a viajar

A segunda metade do ano chegou e, com as notícias positivas do andamento da vacinação no Brasil, é possível que...
KAYAK Brasil
10 resoluções para viajantes em 2021

10 resoluções para viajantes em 2021

Voltar a viajar está no topo da sua lista de metas para 2021, né? Depois de um ano sonhando em...
KAYAK Brasil